22 Semanas!

Seu bebê é agora uma versão mais magrinha de um recém-nascido. Ele pesa cerca de 430 gramas, e mede um pouco mais que 27 centímetros no total.


O corpo do bebê tem as proporções certas, mas ele ainda vai ter de engordar bastante. Enquanto isso não acontece, a pele fica enrugada. Os lábios e os olhos estão formados, embora a íris (a parte colorida do olho) ainda não tenha pigmentos. O pâncreas, essencial para a produção de hormônios, continua se desenvolvendo.


Os primeiros sinais dos dentes já aparecem, debaixo da gengiva. O tempo passa rápido e, quando você se der conta, seu bebê já terá seu primeiro dente.


A essa altura, você deve ter engordado entre 5 e 7 quilos. A partir de agora, o aumento de peso deve ser de pouco mais de 200 gramas por semana. Pode ser que apareçam vontades súbitas de comer alguma coisa, e você pode notar um aumento na secreção vaginal, embora sem a presença de sangue. As duas coisas são normais na gravidez.

21 Semanas!

O feto agora pesa cerca de 360 gramas, e mede aproximadamente 27 centímetros no total -- a partir desta semana a medição passa a ser feita do alto da cabeça até o calcanhar.


As sobrancelhas e pálpebras estão prontas, e as pontas dos dedos já têm unhas.


Pode parecer inacreditável, mas seu bebê já é capaz de ouvir sua fala. Por isso você pode conversar com ele sem medo de se sentir boba. Vale até cantar e ler histórias.


Estudos mostram que recém-nascidos sugam com mais vigor ao escutar a leitura de um livro que tenha sido lido pela mãe durante a gravidez. Se você quiser tentar, escolha um e comece a ler em voz alta.


Mas pegue um livro de que você goste mesmo, porque é muito provável que você vá lê-lo inúmeras vezes depois que o bebê nascer, e há grandes chances de essa se tornar a história favorita do seu filho na hora de dormir, mesmo quando ele estiver maiorzinho.


Está se sentindo surpreendentemente bem nos últimos tempos? Talvez esta seja a época mais agradável da sua gravidez.


Você ainda não está pesada demais, e os incômodos mais comuns na gestação, como os enjôos, a vontade constante de fazer xixi e o sono permanente, já tenham melhorado bastante. Relaxe e aproveite o máximo que puder. O terceiro trimestre está chegando, e ele costuma trazer um pouco mais de desconforto.

20 Semanas!

Seu bebê está ganhando peso, e mede agora cerca de 17 centímetros, do alto da cabeça até o bumbum, sem contar as pernas, que costumam ficar bem flexionadas. Uma substância espessa e gordurosa, chamada verniz caseoso ou vérnix, envolve todo o bebê e protege a pele da imersão no líquido amniótico. Essa camada também ajuda no parto normal. O bebê está engolindo mais líquido esta semana, num bom treino para o sistema digestivo. Depois que ele bebe o líquido, o corpo dele absorve a água e transfere o restante para o intestino grosso.

Uma boa maneira de se preparar para o parto e conhecer suas opções é fazer um curso pré-natal. Mesmo que você não seja marinheira de primeira viagem, esse tipo de aula pode trazer novas contribuições. É bom se planejar para ter concluído o curso com 37 semanas, quando a gestação terá chegado a termo, e o trabalho de parto poderá começar a qualquer momento.


Tome um cuidado especial para obter ferro suficiente na alimentação. Seu bebê precisa dele para produzir glóbulos vermelhos, entre outras coisas. Se você não está tomando um suplemento vitamínico, pergunte ao seu médico se há necessidade, e não se esqueça de comer alimentos ricos em ferro, como carne vermelha magra, frango, peixe, lentilha e espinafre.

19 semanas!

O feto mede por volta de 15 centímetros da cabeça até o bumbum e pesa aproximadamente de 240 gramas.

Seu bebê já começou a engolir o líquido amniótico, e os rins continuam produzindo urina. O cabelo está começando a aparecer.


O desenvolvimento sensorial chega ao auge esta semana. Os neurônios ligados a cada um dos sentidos -- paladar, olfato, audição, visão e tato -- estão se desenvolvimento em suas áreas específicas do cérebro.


A produção de células nervosas diminui, e as células já existentes aumentam de tamanho e formam conexões mais complexas. Se você está esperando uma menina, ela tem mais ou menos 6 milhões de óvulos nos ovários. Quando nascer, esse número terá diminuído para por volta de 1 milhão.


Você chegou à metade da gestação! Agora que está entrando na 20a semana, seu útero chega até o umbigo, e deve crescer cerca de um centímetro por semana. Essa medição normalmente é feita pelo médico com uma fita métrica nas consultas.


Não há dúvida de que você está sentindo os chutes e as cambalhotas do bebê. Às vezes fica até difícil dormir com tanto movimento.


O período que compreende as próximas dez semanas deve ser o de mais agitação física para o bebê, pois depois disso o útero começa a ficar apertado para tamanha movimentação.

18 Semanas!

Seu bebê mede cerca de 15 centímetros, contando do alto da cabeça até o bumbum, e pesa quase 200 gramas.


O peito dele imita o movimento da respiração, mas ele não inspira ar, e sim o líquido amniótico.


Agora no segundo trimestre, normalmente entre a 18a e a 22a semana, os médicos costumam pedir uma ultrassonografia morfológica para acompanhar com mais detalhes o crescimento e o desenvolvimento do bebê, detectar sinais de problemas congênitos, avaliar a placenta e o cordão umbilical e verificar se a idade gestacional está correta.


Durante o exame, você terá a chance de ver o bebê dando chutes, tentando pegar alguma coisa, se virando ou até chupando o dedo. Leve seu parceiro. Os ultrassonografistas costumam entregar fotos do bebê às futuras mães ou até mesmo gravar o exame para os pais guardarem de lembrança.


Se você ainda não sabe o sexo do seu bebê, o exame é uma boa chance de descobrir. Se for uma menina, a vagina, o útero e as tubas uterinas já estão no lugar certo. Se for menino, os órgãos genitais são bem fáceis de reconhecer.

17 Semanas!

Seu bebê está agora com quase 13 centímetros da cabeça até o bumbum, e pesa por volta de 140 gramas.



O esqueleto é formado por uma cartilagem ainda flexível, que vai ficar mais rígida com o tempo. Uma substância protetora chamada mielina começa a envolver aos poucos a medula espinhal.


Com a ajuda de um estetoscópio especial, já dá para escutar os batimentos cardíacos do bebê. Poucas coisas são mais reconfortantes e emocionantes que ouvir o ritmo acelerado do coraçãozinho do bebê. Você terá chance de ouvi-lo em todas as consultas do pré-natal.


Por causa do crescimento do útero, seu centro de gravidade foi modificado, e, portanto, é bem provável que você esteja se sentindo meio desequilibrada.

16 semanas!

Seu bebê está mais ou menos do tamanho de um abacate (cerca de 12 centímetros da cabeça até o bumbum, pesando aproximadamente 100 gramas).

Nas próximas três semanas ele vai passar por um grande estirão, dobrando de peso e crescendo vários centímetros.
Tanto dentro como fora da barriga, bebês adoram brincar. O seu talvez já tenha descoberto seu primeiro brinquedo -- o cordão umbilical --, que ele vai puxar e segurar para se divertir. Às vezes ele pode apertá-lo a ponto de reduzir a quantidade de oxigênio que passa por ele, mas não se preocupe -- ele não conseguirá apertar tempo suficiente para se prejudicar.
O sistema circulatório e o trato urinário estão em plenas condições de funcionamento, e o bebê inala e exala líquido amniótico pelos pulmões.
Pode ser que de vez em quando você sinta uma dor nas laterais do corpo ao fazer movimentos bruscos.
Os ligamentos dos dois lados do útero e das paredes da pelve estão esticando conforme o bebê vai crescendo. É normal sentir um pouco de dor, mas, se você continuar dolorida por dias ou se o desconforto for piorando, fale com seu médico.